• Letícia Kawano-Dourado

Restrição às armas e homicídios por arma de fogo, qual a relação?

Sobre a experiência Australiana



Estamos todos perplexos com o massacre na Escola em Suzano em São Paulo. E vem a pergunta: como controlar a taxa de homicídios em sociedade (sejam eles em massa ou não)? Trouxe nesse post então um artigo publicado no JAMA em 2016 [1] analisando o que aconteceu na Austrália após medidas instituídas em 1996* para controlar a circulação e posse de armas.


* Em 1996 ocorreu o massacre de Port Arthur onde 35 pessoas morreram. A partir desse incidente a Austrália restringiu em muito o acesso a armas no país.


Os autores analisaram a taxa de homicídios, suicídios nos 17 anos antes da lei e nos 17 anos após a promulgação da lei. Observaram que após a restrição às armas, houve uma redução significativa na taxa de homicídios, de homicídios em massa e de suicídios na Austrália. Para se ter uma ideia, nos 17 anos anteriores a 1996, havia ocorrido 13 homicídios em massa, enquanto após 1996 (após a restrição ao acesso a armas) não ocorreram nenhum.


Comentários metodológicos: Estudo observacional usando estatísticas do governo Australiano sobre mortes não naturais de 1979 a 2013 e noticias de homicídios em massa de 1979 a 2006. A análise pré e pós promulgação da lei de restrição às armas foi feita por regressão binomial negativa comparando a velocidade de desaceleração de mortes no período pré vs período pós. No período pré-reforma da lei, houve 13 homicidios em massa na Austrália; no período pós não houve nenhum. Igualmente houve uma desaceleração na taxa de homicídios e suicídios.







A próxima pergunta é: a lógica social Australiana pode se aplicar ao Brasil? A Austrália é o país com 3o maior índice de desenvolvimento humano (IDH) do mundo. Será que esse fenômeno que foi visto na Austrália é porque o país está numa escala civilizatória superior, e no Brasil essa lógica não funcionaria?


Para tentar responder essa pergunta veja o próximo post que trago outro artigo do JAMA que abordou a heterogeneidade de efeito do porte de armas segundo diferentes países (diferentes disparidades sociais/violência urbana). Spoiler: quanto maior a disparidade social e quanto maior a violência basal, maior a redução de homicídios mediada por políticas de restrição de armas. Comento detalhes no próximo post. Fique ligado para poder analisar com mais detalhe esses achados!


Quanto maior a disparidade social e quanto maior a violência basal, maior a redução de homicídios mediada por políticas de restrição de armas.




Quer ler esse artigo na íntegra?

Abaixo segue o link para acesso direto:

https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticle/2530362



Comentários e dúvidas são bem-vindos! Sugestões também !


Projeto Respira Evidência por Leticia Kawano Dourado


Declaração de conflitos de interesse: nenhum


1. Chapman S, Alpers P, Jones M. Association Between Gun Law Reforms and Intentional Firearm Deaths in Australia, 1979-2013. JAMA. 2016;316(3):291–299. doi:10.1001/jama.2016.8752


© 2019 by Leticia Kawano-Dourado

Icone LK.png