• Letícia Kawano-Dourado

Viajar em tempos de covid19

Comento aqui quais são os riscos relacionados a viajar de avião, ônibus/trêm ou carro e como fazer uma viagem com mínimo risco possível.


Estamos em Junho de 2020 no Brasil, e os números locais de casos novos de covid19 não encorajam viagens. No entanto, há situações urgentes que vão determinar a necessidade de viajar. Nesses casos, como fazê-lo de forma segura?


o que é mais seguro em tempos de covid19?

Primeiro é preciso escolher o meio: carro, avião ou ônibus/trêm? O que é mais seguro?


Se não há necessidade de pernoite na estrada e as pessoas que viajam com você compõem uma "unidade de isolamento" (ex. uma família que cohabita), muito provavelmente o carro é o meio mais seguro no que se refere ao risco de contaminação por covid19.

Durante o trajeto, se houver necessidade de paradas para ir ao banheiro ou comer, lembre-se de ter os cuidados habituais necessários em ambientes fechados: proteção contra gotículas respiratórias (uso de máscara e óculos) e proteção de contaminação por superfícies (higiene de mãos).


Em banheiros públicos esteja atento para encostar o mínimo em bancadas, portas, fechaduras etc. Sempre feche a tampa do vaso para dar descarga (para não gerar gotículas daquele líquido no ar - desconhecemos se há a transmissão por via fezes-urina, mas me parece bem plausível, além de transmitir outras doenças)


Para lanchar na estrada, sugiro que compre sua comida (ou a leve de casa o que é ainda melhor!) e coma do lado de fora, em local aberto, bem ventilado, em lugar do salão fechado de lanchonetes.


Lembre-se de chegar no seu destino, tomar um banho com água/sabão/shampoo imediatamente e levar as roupas usadas na viagem para lavagem com água e sabão. Não encoste em nada antes dessa medida que evita potencial contaminação do novo ambiente com o que veio da viagem.



E quanto ao ônibus/trêm ou avião?

Entre ônibus/trêm e avião, sem dúvida nenhuma o meio de transporte mais seguro no que se refere à covid19 (e quanto a risco de acidentes) é o avião!

Entendam por que o avião é mais seguro que um ônibus ou trêm:

A princípio poderíamos pensar que o avião seria o meio de transporte mais arriscado pois é um local fechado, aglomerado onde pessoas permanecem tempos relativamente longos.


Ocorre que o ar do avião é filtrado por filtro HEPA, um filtro que captura 99,97% das partículas > 0.3 micrometros. O filtro HEPA é semelhante à capacidade de filtração de uma máscara N95 e o ar da cabine é completamente filtrado a cada 5 minutos. Além disso, nos aviões, em geral, a cada 5-7 fileiras forma-se uma zona de filtragem, e isso quer dizer que alguém a 10 fileiras de você oferece pouco risco para você.


Finalmente, interessante saber que aquele ventiladorzinho de ar sobre a sua poltrona espele ar filtrado: deixe ele ligado então.


No entanto, se voce se senta perto de alguém com covid19 fica mais suscetível a se contaminar mesmo havendo esse sistema de filtragem do ar. O que é sentar perto? Baseado em estudos prévios à covid, sabemos que 2 fileiras de distância para laterais, frente e trás pode ser considerado "perto demais". Por outro lado, sentar "longe" não o deixa 100% seguro já que há descrição bem documentada de transmissão de H1N1, por ex, entre passageiros mais distantes que 2 fileiras.


Tabela 2 do artigo: Review Article: Influenza Transmission on Aircraft. Epidemiol, 2016

Desse modo, como fazer uma viagem de avião minimizando ao máximo o risco dessa viagem? Seguem as dicas:


  1. Marque seu vôo para horários pouco usuais, quando o movimento é menor

  2. Sente-se distante de outros passageiros sempre que possível

  3. Leve com você um frasquinho de alcool 70% e lenços/toalhinhas umedecidas com alcool 70% líquido em uma sacolinha ziplock para higiene de superfícies (braço da cadeira, mesinha de refeição e qualquer outra coisa que vá por a mão)

  4. Não leve a mão nos olhos, nariz e boca

  5. Use óculos

  6. Máscara N95 é a ideal para locais fechados aglomerados, se não for possível vá com sua máscara simples

  7. Deixe o ventilador acima da sua poltrona ligado

  8. Evite de conversar com o passageiro ao lado: conversar faz emitir mais gotículas no ar.

  9. Se a viagem não for longa demais, faça-a sem tirar a máscara do rosto, quer dizer, sem beber ou comer.

  10. Se precisar ir ao banheiro no avião: leve consigo dois lencinhos umedecidos com alcool 70%: higienize tudo que vai tocar, e depois de usar o banheiro, higienize suas mãos e pegue na trava do banheiro com o lencinho (para não encostar nela)

  11. Lembre-se de higienizar seu celular de tempos em tempos com swab de alcool ou lenço de alcool e secar com toalha de papel.

  12. Chegue em casa, direto para um banho com água-sabão-shampoo e suas roupas para lavar.

  13. Cuide-se no aeroporto e no trajeto para e do aeroporto - mantenha cuidados respiratórios de transmissão por gotículas e transmissão por superficies: higiene de mãos, fique longe de aglomerações, não fique tocando em superfícies (produtos por ex)


Se puder não viajar, é melhor, mas se precisar viajar, que o faça de forma segura. Desculpem as recomendações são super anti-sociais mas são as medidas necessárias para reduzir o risco em tempos de covid19.


Declaração de conflitos de interesse: nenhum


As opiniões aqui veiculadas representam minha posição pessoal.

Sou Leticia Kawano Dourado, doutora em pneumologia pelo HCFMUSP, médica pneumologista e pesquisadora do Hospital do Coração em São Paulo. Integro o time de pesquisa da Coalizão Brasil Covid19.


Projeto Respira Evidência por Leticia Kawano Dourado




© 2019 by Leticia Kawano-Dourado

Icone LK.png