• Letícia Kawano-Dourado

Mulheres que apoiam outras mulheres são mais bem-sucedidas

Uma mulher sozinha tem poder, mulheres juntas têm impacto





A competição entre mulheres não é uma característica exclusiva de gênero, ao contrário, é uma característica relacionada à escassez. Se a ascensão na carreira para as mulheres é mais difícil que para homens, naturalmente o ambiente competitivo se desenrola.

Algumas mulheres entram na narrativa mental da "escolhida" em meio a um ambiente predominantemente masculino, sentindo a satisfação desse destaque frente às outras mulheres que foram preteridas. Trata-se de um modus operandis ainda relativamente comum mas que vem sendo desconstruído por meio de uma tomada de consciência ampliada sobre o "Eu no Mundo". Faça uma pausa, examine sua vida, essa narrativa é a sua narrativa profissional? Se essa ainda é a sua saída preferencial diante da escassez de oportunidades, convido você, mulher, a uma reflexão.


Note que a fantasia da "escolhida" e a narrativa de competição com outras mulheres é um local emocional de solidão e de precariedade, já que não se garantiu direitos para as mulheres, mas apenas "uma exceção": e sempre cabe a pergunta, até quando? Note também que é uma narrativa de passividade: "ser escolhida" por aqueles "homens competentes".



A "irmã" postiça de Cinderela destroi-lhe um colar, numa clara atitude de competição feminina diante da escassez


Esse comportamento "tradicional" está ficando cada vez mais ultrapassado, a medida que as mulheres tomam maior consciência do impacto de suas ações e do poder que podem ter em transformar o mundo num lugar melhor para elas próprias e para as futuras gerações. Além disso a competição é inefetiva em mudar a realidade!


Precisamos reverter o estereótipo de que mulheres não apoiam outras mulheres. Inclusive há pesquisas mostrando que mulheres que apoiam outras mulheres são mais bem sucedidas. Por que? Porque homens e mulheres necessitam de diferentes networks para bem-suceder. Nessa pesquisa, mulheres, ao contrário de homens, só alcançaram altos cargos de liderança quando nutriam um círculo próximo de apoio mútuo com outras mulheres. E o que explica essa diferença?


Como as mulheres que buscam cargos de liderança executiva enfrentam obstáculos culturais e sociais que os homens normalmente não têm, elas se beneficiam de um círculo íntimo de contatos femininos que podem compartilhar informações pessoais sobre as atitudes de uma organização em relação às líderes femininas, o que ajuda a fortalecer as mulheres. pesquisa de emprego, entrevistas e estratégias de negociação. Embora os homens também tivessem círculos internos em suas redes - contatos com os quais mais se comunicavam -, descobrimos que a composição de gênero dos círculos internos do sexo masculino não estava relacionada à colocação profissional.

Homens e mulheres nessa pesquisa se beneficiaram de "centralidade" (assumir uma posição central) mas as mulheres que ascenderam dependeram também de um network composto por centralidade mas também por um círculo íntimo de apoio composto por mulheres.


Então algumas dicas:


1. Prefira qualidade das relações em vez de quantidade. Centralidade é fundamental e está mais relacionada a quem você conhece do que que com quantas pessoas você tem conexão.


2. Abrace a diversidade: se você se relaciona apenas com pessoas que são parecidas com você, poucas chances de diversificar seu network e expandir seu circulo íntimo de apoio ou de tê-lo de forma monótoma e fechado em si mesmo.


Nas palavras dos pesquisadores:

Nosso estudo sugere que as mulheres enfrentam um desafio maior em  encontrar oportunidades profissionais - elas, mais do que os homens, precisam manter tanto redes amplas quanto círculos internos informativos para conseguir as melhores posições. A boa notícia é que, ao adotar uma abordagem inteligente, as mulheres podem continuar a encontrar opções de avanço significativas, ao mesmo tempo em que ajudam seus colegas e mais contatos juniores a fazer o mesmo.



Declaração de conflitos de interesse: tenho uma filha pequena, esse projeto é dedicado a ela


#ElaPorEla


Projeto Respira Evidência por Leticia Kawano Dourado




© 2019 by Leticia Kawano-Dourado

Icone LK.png